Treinamento Presencial

Logo Edools HEADER.png

pagamentos
e liquidações
internacionais

 

Sexta-feira, 04 de Outubro de 2019
De 8h30 às 18h em Porto Alegre-RS

 

público-alvo

objetivo

Profissionais de instituições financeiras que atuam em transações cambiais em suas diversas fases e naturezas, que requerem pagamentos e recebimentos entre residentes no País e residentes no exterior. 

Níveis organizacionais: Tático e Operacional.

clock.png

8 horas de Duração

quality.png

certificado de participação


Dotar os participantes de informações e conhecimentos sobre: 

- Os conceitos e os procedimentos operacionais aplicáveis aos pagamentos e às liquidações verificadas nas transações internacionais, por intermédio dos sistemas e canais ban
cários existentes em nível mundial, em seus diversos níveis e estágios. 


- As práticas bancárias internacionais que devem ser observadas no relacionamento com bancos correspondentes no exterior.

- Os procedimentos que devem ser observados na utilização de listas restritivas internacionais, para fins de prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo que afetam, nos seus diversos níveis e regiões

1. O mercado global de moedas

 

​- Sistemas Internacionais de pagamentos e de liquidação

- O papel das instituições financeiras bancárias

- Arbitragens e paridades em moeda estrangeira

- Classificação das moedas
- Dados e estatísticas relacionados ao mercado global

de moedas
 

2.Regras básicas de PLD/FT

​​

- As recomendações do GAFI

- Diligência Devida
- Conheça o seu cliente

- Conheça seu banco correspondente

 

3.Correspondência bancária internacional

- Conceitos de bancos correspondentes

- Os canais bancários internacionais

- Procedimentos operacionais para expedição e recebimento de ordens de pagamento internacionais

- Os códigos internacionais de pagamento

- O "Bankers Almanac"

- Os programas de Compliance x reguladores internacionais

 

4.Entendendo os pagamentos          internacionais

- O uso dos bancos correspondentes
- O canal bancário

- A rede SWIFT - "Troca de chaves SWIFT"

- Novos métodos de transferências internacionais - DLT "Blockchain" - Ex.: Ripple

- Códigos internacionais:
          > BIC SWIFT
          > IBAN

> LEI
> Fedwire
> CHIPS UID
> CHAPS Sorte Dode
> Outros.

- Compliance x Riscos:

> Os programas de Compliance x Reguladores

> Diligência Devida

> Conheça seu cliente

> Conheça seu banco correspondente

> Sanções e embargos internacionais

       - Indivíduos - terroristas

- Traficantes - armas, pessoas, órgãos humanos, pedras preciosas e animais.

- Empresas;

- Países e empresas - Embargo Total e sanções setoriais -regra 50%

- Embarcações/aeronaves

- Portos/aeroportos

- Produtos controlados e de duplo uso (Dual-Use goods)

- WMD - Armas de desnutrição em massa

- Mis-invoicing - Trade Based Money Laundering (TMBL)

5.Listas Restritivas globais

- GAFI

- OFAC

-FINCEN

Conselho de Segurança da Nações Unidas

- nião Europeia - ONU

-Banco da Inglaterra

- Lista Europeia

- Os PEPs estrangeiros 

- Procedimentos a serem adotados nas situações com ressalvas

 

6.Melhores Práticas

7.Análise de Casos Práticos

conteúdo programático

 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

 

instrutores
 

IMG_2312.jpg

Administrador pós-graduado pela UNB - Universidade de Brasília, funcionário aposentado do Banco Central do Brasil, com mais de 38 anos de trabalho dedicado à Instituição, sendo 32 anos na área de câmbio e capitais internacionais.

Encerrou sua carreira como Secretário-Executivo, quando teve a oportunidade de coordenar, no âmbito da Autarquia, o Comitê Estratégico de Prevenção à Lavagem de Dinheiro no contexto das instituições financeiras. Acompanhou de perto a evolução cambial no Brasil nas últimas décadas, tendo participado da equipe que unificou o mercado de câmbio brasileiro em 2005 através de sua regulamentação.

 

Palestrante e escritor, é autor do livro “Câmbio e Capitais Internacionais - O Relacionamento Financeiro do Brasil com o Exterior” – 2016, Editora Aduaneiras. Atualmente, é Presidente do Comitê de Riscos do BNDES, instituído na forma da Resolução nº 4.557, de 2017.

geraldo magela siqueira
 

Sem Título-1.jpg

gilberto pacheco
 

Construiu uma carreira de 35 anos no banco do Brasil, dos quais 17 na área interacional e de comércio exterior. Gilberto ocupou vários cargos estratégicos como Compliance Officer de operações internacionais, entre outros.

Também foi presidente do Grupo Nacional de Usuários SWIFT por seis anos na Comissão da Federação de Bancos do brasil - Febraban. Aposentou-se em 2012 e ingressou na FircoSoft Brasil.

 

Atualmente é desenvolvedor de negócios da Accuity para a América Latina e responsável por oferecer soluções com foco na mitigação de riscos e proteção regulatória.

 

Rua Riachuelo, 1070 Centro Histórico, Porto Alegre - RS CEP: 90010-270

Master
Grande 
Hotel

Logo Edools HEADER.png

Realização

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram